quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Questões para debate:


Revoluções em ditadura fundamentalistas teriam relação com crises em países imperialistas?
Qual a confiabilidade de uma justiça que prende por anos e depois declara inocência do preso? A mesma justiça que prende em um dia e manda soltar no outro por falta de provas? Então teria essa “justiça” prendido inocentes nos dois casos? Imaginem se houvesse nesse lugar pena de morte!

BIOGRAFIA : AVERRÓIS

Abu al-Walid Muhammad Ibn Ahmad Ibn Munhammad Ibn Ruchd foi um filósofo, médico e polímata muçulmano, conhecido como Averróis, que viveu na Andaluzia (sul da Espanha). A sua principal contribuição seria a reintrodução da filosofia de Aristóteles no continente europeu, pois é considerado um dos principais intérpretes do filósofo grego em toda a história. Até seu tempo a obra de Aristóteles estava esquecida no “Velho Continente”.
Sua filosofia é uma mistura do pensamento aristotélico com alguns conceitos platônicos. Enquanto que no âmbito religioso, sua interpretação do corão (livro sagrado do islã) propõe que há verdades óbvias para o povo, místicas para o teólogo e científicas para o filósofo e estas podem estar em desacordo umas com as outras. Havendo o conflito, os textos devem ser interpretados alegoricamente.

PRINCIPAIS OBRAS:

§  Tahafut al-tahafut (A incoerência do incoerente)
§  Kitab fasl al-maqal (Sobre a harmonía entre Religião e Filosofía)
§  Bidayat al-Mujtahid (Distinguido jurista)
§  Os Comentarios ao Corpus aristotelicum, que compreendem:
§  Comentários menores (Yawami) à Isagoge de Porfirio, ao Organon, a Retórica, Poética, Física, De Coelo et Mundo, De generatione et corruptione, Meteorológicos, De Anima, Metafísica, De partibus animalium, De generatione animalium e a Parva Naturalia, deAristóteles.
§  Comentários medios (Taljisat) à Isagoge de Porfirio, ao Organon, à Retórica, Poética, Física, De Coelo et Mundo, De generatione et corruptione, Meteorológicos, De Anima, Metafísica e Ética nicomaquea, de Aristóteles.
§  Comentários maiores (Tafasir) aos Segundos Analíticos, a Física, De Coelo et Mundo, de Anima e Metafísica, de Aristóteles.
§  Exposição da 'República' de Platão
§  O tratado De Substantia Orbis
§  Três importantes escritos teológicos: Fals al Maqal, Kasf´al-Manahiy y Damima
§  El Kitab al- kulliyyat al-Tibb (Libro de las generalidades de la medicina).



Fonte
Enciclopédia Conhecer – Editora Abril 1968




Liberdade Religiosa!


Torna à pauta a questão da liberdade religiosa. Esta é mais uma questão que não existiria em um país democrático, uma vez que a liberdade seria uma premissa deste.  Passeatas e manifestações são organizadas no sentido de pressionar as autoridades a fazer leis (e cumpri-las) que licenciem a livre expressão religiosa. Muito importante, sem dúvida! Mas não podemos pedir liberdade para aquilo que não sabemos bem o que é! Precisa-se que se defina o que é religião e o que ela representa no meio social.
Ao definir este ponto podemos passar a refletir sobre o próximo: o que ela acrescenta ao cidadão. Será que seria bom para a sociedade de maneira geral que fosse feito como na antiguidade e a religião fosse aglutinada ao Estado? Caso a resposta seja não (como se espera) temos que ter em mente que a religião, por mais que consideremos ou possamos considerar sua prática mais importante do que o civismo, independentemente de onde ela venha e quem a pratique ela deve estar submetida às leis universais, as quais todos os cidadãos participantes da sociedade na qual ela se insere estão submetidos.
Dessa forma chegamos a um temível paradoxo: é preciso respeitar a liberdade religiosa, porém com ressalvas. No entanto, liberdade com ressalvas é plenamente o que podemos chamar de liberdade?

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Escola da Vingança!

Não é incomum conhecermos histórias de crianças que brigam no colégio. Recorrente é, também, as reclamações de alunos contra os chamados brigões! Aqueles que implicam com os outros, geralmente mais fracos, ou com alguma diferença nem sempre notória. A discussão é natural e inerente ao ser humano, até certo ponto fundamental para o seu desenvolvimento. O exagero pode levar ao desentendimento, por conseguinte à briga e por fim à violência física, o que deve ser evitado ao máximo.
Entretanto nas escolas do Brasil, especialmente, o que vemos é um certo descaso com os problemas dos alunos agredidos verbal ou fisicamente. Psicologias ultrapassadas, medo de represálias dos pais, ou responsáveis terminam em medidas insuficientemente capazes de trazer a paz aos envolvidos. Essa incapacidade das instituições em resolver as celeumas dos seus institucionalizados resulta num problema cada vez maior e cada vez mais ignorado por todos, notadamente no Brasil: o incitamento da vingança.
O nome pode parecer forte, mas o termo é exatamente este e vem sendo ensinado a todos desde os primeiros anos em que se freqüenta a escola. É um costume bastante arraigado na sociedade contemporânea quando um garoto chega à casa aos prantos e diz: “mãe, pai me bateram na escola” que essa mãe e esse pai respondam ao garoto: “No dia em que você bater em um, todos irão te respeitar”.
Acerca disso podemos concluir que retornamos ao estado de natureza, anterior à formação da sociedade. É ‘cada um por si e Deus contra todos’ * e que vença o melhor? Como vai crescer esta criança que é ensinada a ‘resolver’ seus problemas por conta própria, sem a intervenção da autoridade competente? Será autora de novos “Tiros em Columbine”? Ao sofrer com a violência quando adulto vai recorrer à autoridade policial do Estado, ou vai contar com seus aliados para atacar os rivais?
Nossa educação mostra um total fracasso das instituições do Estado. A sociedade mostra total descrença daquilo que ela mesma instituiu como sua própria gestora. E vai piorando...

Físicos dos EUA inventam máquina que oculta objetos no tempo

Físicos apoiados pelo Pentágono anunciaram nesta quarta-feira que desenvolveram um sistema de "invisibilidade temporal" capaz de tornar um acontecimento indetectável durante uma ínfima fração de segundo.
Este dispositivo experimental se inspirou nas pesquisas sobre a famosa "capa de invisibilidade" popularizada por Harry Potter. Mas ao invés de esconder um objeto no espaço, o esconde no tempo, segundo estudo publicado pela revista britânica Nature.
"Nossos resultados representam um passo significativo para a obtenção de uma capa espaço-temporal completa", destaca o estudo, dirigido por Moti Fridman, da Universidade Cornell de Nova York.
O avanço dos físicos explora o fato de que as frequências da luz se movem a velocidades ligeiramente diferentes.
Essa capa de invisibilidade temporal começa com a difusão de um raio de luz verde por um cabo de fibra óptica. Este raio atravessa uma lente que o divide em duas frequências distintas: uma luz azul que se propaga um pouco mais rápido que o raio verde original e outra vermelha, ligeiramente mais lenta.
A minúscula diferença da velocidade entre os dois raios obtidos é aumentada pela interposição de um obstáculo transparente.
É criada, assim, uma espécie de "lacuna temporal" entre os raios vermelho e azul que viajam pela fibra ótica.
Um intervalo pequeno, de apenas 50 milésimos de nanosegundos, é suficiente para intercalar uma descarga de laser de frequência diferente da luz que passa pela fibra ótica.
Depois dessa descarga, os raios vermelhos e azuis sofrem um tratamento inverso: um novo obstáculo acelera o vermelho e desacelera o azul e uma lente reconstitui os dois feixes para produzir um único raio verde.
Esse feixe de laser, de 40 milésimos de nanosegundos, não faz parte do fluxo de fótons da luz reconstituída e por isso é indetectável.
O experimento se assemelha a uma passagem de nível que corta uma estrada muito movimentada, comentaram Robert Boyd e Zhimi Shi, engenheiros ópticos da também nova-iorquina Universidade de Rochester.
Quando chega um trem, os carros param, o que provoca um "buraco" no fluxo de tráfego. Quando o trem passa, os veículos aceleram até alcançar os que os antecedem. Para um observador, o fluxo de circulação parece normal já que não há nenhuma prova da passagem do trem pelo cruzamento.
A próxima etapa para os pesquisadores é ampliar este intervalo temporal que esconde o acontecimento, destacaram Boyd e Shi.
Mas consideram que esta invisibilidade temporal poderia ter aplicações imediatas para garantir as comunicações porque o procedimento permite fracionar os sinais ópticos e fazê-los viajar a velocidades diferentes antes de reuni-las, o que dificulta muito a interceptação de dados.
A pesquisa é financiada em parte pela DARPA, uma agência do Departamento de Defesa americano dedicada a desenvolver tecnologias futuristas que podem ter usos militares.
Entre suas realizações está um sistema de transmissão de dados entre computadores criado no final dos anos 60 e considerado um predecessor da internet.

Questões Para Reflexão - 2ª Semana

Um direito pode ser obrigatório? Se é obrigatório ele é necessariamente democrático?

Direitos iguais requerem deveres iguais! Se alguém pede os mesmos direitos do outro deve então, obrigatoriamente, a se submeter aos mesmos deveres! Caso contrário não obterá direitos, pois quem tem direitos, mas não tem deveres tem privilégio!

As ciências físicas evoluíram, mas socialmente o homem continua o mesmo de 1.000 anos atrás! Podemos dizer que a sociedade humana evoluiu? Não deveriam os avanços tecnológicos serem acompanhados de avanços morais e éticos?

Quando foi que moral virou palavrão?

sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

TALES DE MILETO, O PRIMEIRO FILÓSOFO

Considerado o marco inicial da filosofia ocidental, Tales de Mileto foi o primeiro filósofo de que se tem notícia.  De ascendência fenícia, nasceu em Mileto, antiga colônia grega, na Ásia Menor, (que atualmente é parte da Turquia) por volta de 624 ou 625 a.C. e faleceu aproximadamente em 556 ou 558 a.C..
     Tales fundou a Escola Jônica e sua principal contribuição ao pensamento filosófico-científico foi a introdução das noções fundamentais. Conceitos de physis, arqué, causalidade, cosmo, logo e caráter crítico começaram a ser utilizados por este pensador, que se dedicou também à astronomia e à geometria. Tales foi o primeiro a levantar a hipótese de um elemento que seria a origem de tudo e que, a partir deste conceito, poderia explicar a realidade a partir dela mesma, sem recorrer a mitos e superstições.
     Pouco se sabe sobre a vida de Tales, dado que são poucos os dados históricos ao seu respeito. O que se sabe sobre ele vem de citações de outros autores. Suas idéias filosóficas são conhecidas graças aos trabalhos de doxógrafos como Diógenes Laércio, Simplício e principalmente Aristóteles. Em sua época era comum que os mestres ensinassem falando a seus discípulos, mas não que deixassem seus pensamentos por escrito. Acredita-se que ele estimulava seus alunos a buscarem outras explicações possíveis para a realidade, ou outros elementos primordiais.
 Entre os principais discípulos de Tales de Mileto merecem destaque: Anaxímenes que dizia ser o “ar” a substância primária; e Anaximandro, para quem os mundos eram infinitos em sua perpétua inter-relação.

Histórias sobre Tales de Mileto:

     Plutarco disse que Tales certa vez olhando para o céu, tropeçou e caiu, sendo repreendido por alguém como lunático: analisava o tempo para descobrir se haveria uma seca, o que o fez ganhar muito dinheiro. Outros dizem que tendo caído, desapareceu num buraco.
  Usando seu conhecimento astronômico e meteorológico (provavelmente herdado dos babilônios), Tales previu uma excelente colheita deazeitonas com um ano de antecedência. Sendo um homem prático, conseguiu dinheiro para alugar todas as prensas de azeite de olivada região e, quando chegou o verão, os produtores de azeite tiveram que pagar a ele pelo uso das prensas, o que o levou a ganhar uma grande fortuna com esse negócio.

Máximas de Tales de Mileto

1. A ignorância é incômoda.
2. Conhece-te a ti mesmo.
3. Espera receber de teus filhos, quando fores velho, o mesmo tratamento que dispensaste a teus pais.
4. Evita as palavras que possam ferir os amigos.
5. Evita enriquecer por vias desonestas.
6. Evita os adornos exteriores e procura os interiores.
7. Perto ou longe, importa lembrar os amigos.
8. Quem promete falta.
9. Se és chefe, começa por saber dominar-te.

Os fatos geométricos cuja descoberta é atribuída a Tales são:
A demonstração de que os ângulos da base dos triângulos isósceles são iguais;
A demonstração do seguinte teorema: se dois triângulos tem dois ângulos e um lado respectivamente iguais, então são iguais;
A demonstração de que todo diâmetro divide um círculo em duas partes iguais;
A demonstração de que ao unir-se qualquer ponto de uma circunferência aos extremos de um diâmetro AB obtém-se um triângulo retângulo em C. Provavelmente, para demonstrar este teorema, Tales usou também o fato de que a soma dos ângulos de um triângulo é igual a dois ângulos retos;
Tales chamou a atenção de seus conterrâneos para o fato de que se duas retas se cortam, então os ângulos opostos pelo vértice são iguais.

Fontes: www.wikipedia.org.br
MARCONDES, Danilo; Iniciação à História da Filosofia – Jorge Zahar Editora 2004 – 8ª edição

quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

Estamos de Volta!

Depois de um ano de inauguração finalmente o Semanário do Pensamento vai sair do papel! Aliás vai sair em papel! Esta sendo preparada a primeira edição impressa que compartilhará artigos com a versão online contida neste blog!

Boa leitura!

Pense!